Departamento de Imigração: Dicas para ter tranquilidade durante sua entrada no exterior.

Recentemente muitos brasileiros tem encontrado dificuldades durante a passagem no departamento de imigração de diversos países. Hoje, ser barrado na imigração é uma das maiores preocupações que os brasileiros têm quando vão visitar o exterior.

Somente no último ano, 883 brasileiros tiveram o acesso impedido a países europeus, e este índice tem aumentado ano após ano.

A imigração tem se tornado mais dura devido ao atual momento do Brasil e da Europa e também por questões da migração de refugiados Sírios ao continente americano.

Até mesmo os Estados Unidos, que a cada ano facilita mais o acesso de brasileiro, recentemente barrou adolescentes que tentavam entrar desacompanhadas no país.

Seja educado e responda a todas as perguntas solicitadas

Independente de visto e passaporte, não existem garantias ou certezas que isso não poderá acontecer com você, entretanto damos dicas que com certeza vão tornar sua entrada nos países muito mais tranquilas.

– Postura: Primeiramente destacamos que você deverá se portar adequadamente de forma cordial e segura com os agentes de imigração e responder de forma educada, clara e sincera a todos os questionamentos que venham a ser feitos.

– Documentação: passaporte, visto (caso necessário), reserva de hospedagem (ou carta convite de parentes ou amigos) e passagem de volta. Importante ressaltar a validade dos documentos, com término de pelo menos 3 meses antes da data de término de sua viagem.

– Menores de idade: menores de idade necessitam de toda documentação em dia, mas em especial para os desacompanhados é necessária autorização junto ao consulado em alguns casos.

– Visto: somente para os Estados Unidos, existem mais de 15 tipos de vistos diferentes. É necessário ter visto adequado para cada uma das modalidades de viagem, sendo a trabalho, turismo ou estudos.

– Dinheiro: É necessário portar certa quantidade de dinheiro em espécie ou em cartão de crédito/pré-pago. Muitos países solicitam extrato de seus últimos pagamentos ou validam suas condições de trabalho durante a aplicação de visto. Mas é importante estar carregando uma certa quantia inicial, para os primeiros gastos de sua viagem.

– Seguro Viagem: países europeus exigem que você tenha seguro viagem para ingresso, nos EUA não é obrigatório. Em todos os casos recomendamos a contratação de seguro com boa cobertura, pois sabemos que custos com medicina e outras demandas atendidas pelo seguro são extremamente caras durante a viagem. Os agentes imigratórios veem com bons olhos a cobertura de seguro durante toda sua estadia.

Com as dicas acima e documentação em dia, acreditamos que seu ingresso seja tranquilo.

A BIL oferece seguro viagem, para você viajar tranquilamente, acesse: http://www.bil.com.br/seguro/

 

Compartilhe:
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *