Por que oferecer intercâmbio?

Escolas e colégios podem agregar valor ao seu ensino

 

Estudar no exterior não se trata apenas de conhecer um idioma: trata-se de vivenciar outra cultura e modo de vida, o que permite ampliar conhecimentos culturais, bagagem intelectual e vivências. Para o aluno, é uma experiência de vida sem igual. Portanto, uma escola que estimula seu aluno a realizar um programa de intercâmbio (mesmo que seja um curso rápido, nas férias) está buscando mais do que um ensino tradicional: está contribuindo para a formação do indivíduo e seu enriquecimento pessoal e profissional. Se as escolas de idiomas e colégios começam a pensar a educação de formas mais amplas, oferecer programas de intercâmbio dentro da instituição de ensino é um diferencial: elas passam a oferecer mais do que as aulas, agregando experiências aos alunos.

“É essencial para qualquer escola agregar valor ao seu ensino. Estimular um intercâmbio é uma maneira de proporcionar ao estudante vivências e um conhecimento que não é possível de ser obtido apenas numa sala de aula”, explica o Diretor da BIL Intercâmbios e Turismo, Thiago Tanus. “A escola que indica programas de intercâmbio para seus alunos se torna referência, colabora para o melhor desenvolvimento do idioma e, com isso, melhora sua reputação, além de provar ser desafiadora”.

Para especialistas, um curso fora do país pode ser considerado um grande diferencial: a chance de entrar para o mercado de trabalho mais preparado, mais maduro e com uma visão mais ampla.

“Um intercâmbio sempre valoriza o curriculum de um jovem. É uma excelente experiência porque abre a cabeça, ele faz coisas novas que nunca fez antes.  Aprende a lidar com o imprevisto e se virar sozinho. Também aprende uma nova cultura, o que aumenta a flexibilidade e a aceitação de diversidade. É um aprendizado que dura a vida inteira”, diz Andrea Huggard Caine, Diretora de Métrica e Certificações da ABRH (Associação Brasileira de Recursos Humanos).

São por estes motivos que a BIL realiza parcerias com escolas e colégios, a fim de estimular os alunos a conhecerem e participarem de cursos e programas de estudo no exterior. Para a instituição de ensino, é uma oportunidade de possibilitar melhora do desempenho escolar, fazer reciclagem dos professores sem custo, e ajudar na retenção de alunos. Para isso,conte com a experiência da BIL, que está há mais de 28 anos no mercado.

 

Você sabia?

A escola ou colégio que se torna parceiro da BIL ganha incentivos para trocar por viagens de intercâmbio, em formato de créditos, que podem ser usados da forma que a escola escolher – por exemplo, sorteando uma viagem em campanha de rematrícula ou presenteando um funcionário. Para obter informações, são enviados kits com folhetos, revistas e manuais com todos os programas disponíveis, além de poder agendar uma visita da BIL, para que os alunos possam conhecer e tirar suas dúvidas sobre os programas de intercâmbio diretamente com profissionais especializados.

 

Leia a versão digital do EDUCANEWS: http://bit.ly/1jhZ0m0

 

Compartilhe:
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *