Diferença entre programa Público, Público pago e Particular no High School dos Estados Unidos.

Tempo de Leitura: 4 minutos

Antes de mais nada é preciso quebrar o tabu que a palavra “público” quer dizer gratuito. 
Tire isso da cabeça.

Geralmente o High School Público só é gratuito, se você é residente e paga imposto.

Portanto o High School americano sempre será pago (infelizmente).

Entenda abaixo os tipos de High School atualmente.

High School Público:

Visto:

J 1. Para você solicitar este visto é necessário você ter em mãos o documento DS-2019.

Geralmente, para este documento ser liberado para você, é necessário quitar 100% da viagem.

Quem recebe meu dinheiro:

A agência brasileira e a empresa americana que será responsável por encontrar uma escola e uma família.

A escola pública americana não recebe remuneração e a família também não. Nadinha!

Posso escolher a escola/cidade?

Quase isso. Apesar da essência do programa não ter o propósito de escolher região, atualmente as agencias brasileiras estão oferecendo a indicação de 1, 2 ou 3 estados (por um valor extra, se confirmado) e outras agencias garantem 100% o estado escolhido.

Perfil do programa

O mais conhecido, mais antigo, mais barato e mais vendido dos programas de intercâmbios oferece um programa com foco em … cultura! 

Objetivo aqui é o jovem pular na piscina cultural. Quanto mais cultura melhor! Fazer amizades, estudar, participar de times esportivos, resolver dificuldades sozinho, mergulhar na culinária (que não é hamburguer e hot dogs), sair com os pais, ir na igreja como convidado, conhecer os vizinhos e outros integrantes da família, passar o dia na casa do melhor amigo e outras atividades locais, ou seja, esquecer os conceitos enraizados ou os pré-conceitos, e “abrir o peito” para novidades.

A maior parte da cultura será vista no dia a dia em família. É nela que tudo acontecerá. E lembre-se: sem família hospedeira não há cultura. 

As escolas receptoras são as clássicas. Aquelas que 99% dos americanos cursam. Aquelas que geralmente possuem milhares de alunos, “lockers” (armários com cadeados) nos corredores, correria entre uma aula e outra, times de basketball e futebol americano altamente competitivos, team-leaders e outros componentes que estamos acostumados a ver em filmes americanos.

E se o “objetivo cultural” também for o que o nosso jovem e sua família natural desejam, o programa será um sucesso!

High School Público pago:

Visto:

F 1. Para você solicitar este visto é necessário você ter em mãos o documento I-20.

Geralmente, no High School, para este documento ser liberado para você, é necessário quitar 100% da viagem.

Quem recebe meu dinheiro:

Além das escritas no item J1, a escola e a família receberão.

Posso escolher a escola/cidade?

Sim. O jovem terá acesso a uma lista de escolas e/ou distritos escolares. Se o escolhido for os distritos escolares, ele poderá “cair” em qualquer uma daquelas escolas.

Perfil do programa

Apesar de existir diversas diferenças entre os vistos J1 e F1, a única diferença visível aos olhos do jovem e seus pais naturais, é que nesta opção eles podem escolher a escola ou o distrito escolar de forma 100% garantida (após confirmação da agência).

High School Particular:

Visto:

F 1. Para você solicitar este visto é necessário você ter em mãos o documento I-20.

Geralmente, no High School, para este documento ser liberado para você, é necessário quitar 100% da viagem.

Quem recebe meu dinheiro:

Além das escritas no item J1, a escola e a família receberão.

Posso escolher a escola/cidade?

Sim. O jovem terá acesso a uma lista de escolas (veja abaixo os critérios).

Perfil do programa

Aqui o foco é acadêmico, logo, as escolas serão de alta qualidade. As melhores escolas americanas estarão nesta lista.

Por este motivo o jovem e seus pais naturais escolhem a escola que desejam, baseando essa escolha em necessidade ou localidade. 

Exemplo: escola com excelência em matemática, alta reputação em natação, localização em Manhattan, motorista particular para levar e trazer da escola, localizada em Beverly Hills, enfim, o céu é o limite.

Salas de aula terão bem menos alunos. A infra-estrutura será notável já no acesso ao site. Professores geralmente tem dourado. Podem oferecer cursos preparatórios para universidades renomadas ou já possuem acesso direto à elas.

Critérios de como escolher uma agência brasileira para realizar o High School do seu filho

  1. Saber escolher a melhor empresa estrangeira(que a agência brasileira possui parceria). Ela deve ter uma reputação fantástica para triar adequadamente as famílias e ter uma equipe de suporte perfeita. Deve ter histórico de rápida resolução em caso de dificuldades e problemas.
  2. O melhor pós-venda. A venda é fácil. O difícil é ser bem atendido depois. Escolha uma agência que tenha um funcionário pós-venda trabalhando na loja que você comprou a viagem. Você precisa olhar nos olhos dele, e falar com o mesmo em caso de dificuldades ou problemas. Se este funcionário fica em uma central, é provável que dificuldades/problemas demorem para serem resolvidos.
  3. Tempo de mercado. Ao contrário de cursinhos de idiomas, o High School exige muita seriedade. Escolha agencias que possuem experiência no programa.

Valores

Entre US$ 7.000 e US$ 10.000 (high shcool publico), dependo dos seguintes aspectos muito importantes:

  • Qualidade da empresa estrangeira.
  • Qualidade da agência.
  • Qualidade e quantidade de funcionários pós-vendas.
  • Duração da viagem (1 ou 2 semestres)
  • Seguros e coberturas.
  • Reunião de orientação (hotel, na empresa ou online).
  • Equipe de embarque.
  • “pegadinhas” (seguro com cobertura baixa ou uma taxa para cada uso, taxas que só vão aparecer no meio do programa, documentos para vistos não inclusos, enfim, pegadinhas de agências).

Caso você tenha interesse em agendar uma consultoria gratuita e via telefone preencha o formulário ao lado ou mande-nos um whatspp no 11-9-4142-5420.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado

Comece a escrever e aperte enter para buscar