High School nos EUA: confira tudo o que você precisa saber

Tempo de Leitura: 8 minutos

A experiência de realizar um High School nos EUA é incomparável. Conhecer novas culturas, conquistar a sua independência, experimentar idiomas diferentes e abrir-se para aventuras incríveis são algumas das muitas vivências que um intercambista realiza. O melhor de tudo é que ele pode ser feito por meio de um intercâmbio, auxiliando a adaptação dos alunos à nova rotina.

Além disso, os Estados Unidos são um dos destinos mais procurados pelos brasileiros para realizar diferentes tipos de intercâmbio, fazendo com que os alunos tenham uma rede de apoio em outro país e que a própria nação tenha um preparo para lidar com uma população diferente da sua. Consequentemente, a transição para uma nova escola é facilitada.

Para aprofundar os seus conhecimentos sobre o High School nos EUA, preparamos este conteúdo com todas as informações sobre a realização de um intercâmbio nesse país, abordando as suas vantagens, diferenças do ensino brasileiro e muito mais. Confira!

Como funciona o High School nos EUA?

Uma das perguntas mais comuns entre os estudantes é como funciona o High School nos EUA, você concorda? Afinal, existem diversas questões que precisam ser resolvidas para que os alunos iniciem essa nova jornada, e nenhuma delas pode ser respondida sem antes compreender o seu funcionamento.

Existem duas formas de realizar o ensino médio nos Estados Unidos: ingressando logo após a formatura no ensino fundamental brasileiro ou investindo em um período de intercâmbio, tendo a possibilidade de conquistar um duplo diploma dependendo da duração do programa. Independentemente da modalidade escolhida, os alunos seguem as mesmas estruturas de ensino e aprendizagem determinadas pelo governo norte-americano.

Nesse sentido, o ensino médio estadunidense apresenta quatro anos de duração, oferecendo mais flexibilidade para os alunos escolherem suas matérias, bem como aulas mais dinâmicas e práticas. Confira como ocorre a divisão do sistema de ensino:

  • 9th grade: é o 1° ano do ensino médio americano e os alunos são chamados de freshman;
  • 10th grade: equivale ao segundo ano do ensino médio e os alunos são chamados de sophomore;
  • 11th grade: equivale ao terceiro ano e os alunos são chamados de junior;
  • 12th grade: último ano do high school e os alunos são chamados de senior.

Nos próximos tópicos, explicamos como ocorre a rotina de quem realiza o High School nos Estados Unidos. Acompanhe!

Aulas

Você lembra que comentamos sobre a flexibilidade que os alunos têm durante o ensino médio? Pois é, diferentemente do Brasil, os estudantes optam pelas disciplinas que querem estudar durante o ensino médio. Dessa maneira, a escola oferece quatro disciplinas obrigatórias (matemática, história, inglês e política) e permite que os alunos escolham outras matérias para concluir a sua grade.

Além disso, o sistema de avaliação é diferenciado. Enquanto que no Brasil utilizamos numerais para determinar a aprovação ou não dos estudantes, os alunos estadunidenses têm suas notas pautadas em conceitos que vão de A a F:

  • A: de 90 a 100 pontos;
  • B: de 80 a 89 pontos;
  • C: de 70 a 79 pontos;
  • D: de 60 a 69 pontos;
  • E: de 50 a 59 pontos;
  • F: Abaixo de 49 pontos.

Ainda, as aulas ocorrem em períodos que variam entre 30 minutos e 1:30 de duração, sendo divididas integralmente, ou seja, podem acontecer tanto pela manhã quanto pela tarde ou noite. Com turmas pequenas, entre 15 e 20 jovens, o dia a dia fica mais dinâmico e os professores trazem exemplos e atividades práticas constantemente.

Matérias

No início do conteúdo comentamos sobre a flexibilidade para a realização das disciplinas, você se lembra? Pois é, além das básicas e obrigatórias, cada estudante deve escolher outras matérias para complementar a sua formação, dependendo das suas preferências e ambições. Por exemplo, se você deseja realizar a graduação em Medicina, provavelmente escolherá biologia avançada como uma das matérias, certo?

Da mesma forma, outro aluno que opta por cursar Direito no ensino superior, poderá escolher direito constitucional e políticas públicas para completar sua grade curricular. Indo mais além, as disciplinas apresentam diferentes níveis de aprofundamento, fazendo com que os alunos possam conhecer mais ou menos sobre a área em questão.

Refeições

Como o sistema de ensino é integral, muitos alunos brasileiros têm dúvidas em relação às refeições durante o High School, não é mesmo? Via de regra, as escolas apresentam refeitórios completos que oferecem almoços e lanches para os estudantes, sendo que o tempo de almoço fica entre 30 minutos e 1 hora.

Além disso, caso você realize um intercâmbio e se fique com uma host family, isto é, a família que acolherá a sua estadia durante o intercâmbio, você tem a opção de levar suas refeições para a escola e utilizar o espaço público disponível para aquecer e preparar seus lanches.

Hospedagem

O intercâmbio de High School exige uma hospedagem segura, certo? Acontece que dificilmente encontramos alunos de ensino médio que alugam o seu próprio apartamento nos Estados Unidos, já que são menores de idade. É por isso que os programas oferecem a estadia em casas de famílias hospedeiras. Ou ainda existe a opção de ficar hospedado no dormitório da própria escola, são as chamadas boarding schools.

Para as famílias poderem hospedar estudantes, precisam estar associado à organização responsável pelo intercâmbio, que realiza o contato com a família, monta o acordo entre ambas as partes e auxilia você a planejar um intercâmbio.

Algumas semanas antes do embarque, você recebe todos os dados sobre a hospedagem, como as regras da família ou dormitório e as redes de contato.

Rotina

Ao longo deste tópico, você já deve ter percebido que a rotina de quem realiza um High School nos EUA é bem diferente do ensino médio brasileiro, certo? Além de ingressarem em um sistema integral de aulas, os estudantes têm mais liberdade de escolha em relação às disciplinas, assim como as atividades extracurriculares.

Isso quer dizer que você pode — e deve! — ingressar em diferentes grupos de artes, pesquisas, esportes, culinária, música e leitura, para realmente absorver a cultura estadunidense de ensino e aprendizagem. Além de ser uma excelente forma de conhecer novas pessoas, você aprimora o seu currículo e consegue destaque no mercado de trabalho.

Quais são as vantagens do High School nos EUA?

Até aqui, explicamos como funciona o ensino médio nos Estados Unidos, mas será que existem vantagens de realizar um período de intercâmbio antes da faculdade? Se você acredita que a resposta é positiva, então acertou em cheio! O fato é que investir em um ou dois semestres de estudo em outro país oferece não só oportunidades de crescimento profissional, como também de desenvolvimento pessoal.

Para saber mais, acompanhe os próximos tópicos! Explicamos as principais vantagens de estudar no ensino médio dos Estados Unidos.

Experiência cultural

Não há como negar: ninguém volta a mesma pessoa depois de um intercâmbio. Estar em contato com outras culturas oferece a criação de novas amizades e amplia suas redes de contato, fortalecendo seu conhecimento não só sobre as matérias tradicionais do ensino médio fora do Brasil, como também sobre a cultura, rotina e modos de vida de outras nacionalidades.

Aprimoramento do idioma

Se você quer fortalecer o seu inglês, então investir em um intercâmbio nos EUA é uma das melhores ações que você pode realizar para alcançar essa meta. Afinal, estudar em um país que tem o inglês como língua oficial garante uma aprendizagem correta e exponencial, deixando qualquer aluno fluente no idioma local.

Convívio com pessoas do mundo todo

Se, por um lado, a experiência cultural oferece um excelente desenvolvimento cognitivo e intelectual, o convívio com a diversidade garante um crescimento pessoal incomparável. Os Estados Unidos recebem imigrantes do mundo inteiro, fazendo com que você entre em contato e faça amizades com pessoas de diferentes culturas, etnias e religiões.

Desenvolvimento profissional

Por fim, não poderíamos deixar de falar do desenvolvimento profissional. O simples fato de ter no seu currículo um intercâmbio em outro país já oferece excelentes pontos na hora de ser contratado por uma empresa. Indo mais além, com as atividades extracurriculares realizadas em solo estadunidense, é possível aplicar-se para uma vaga em uma faculdade estrangeira e destacar-se entre os concorrentes.

Quais as diferenças em relação ao Brasil?

Você já deve ter percebido que existem muitas diferenças no estudo brasileiro e norte-americano, não é verdade? Além da possibilidade de escolha das disciplinas, a duração das aulas, o sistema de ensino e as modalidades de estudo são diferentes. Além disso, cada estudante pode fazer cursos preparatórios em conjunto com o High School, potencializando suas chances de ingressar no ensino superior.

Ainda, o início do ano letivo é oposto: enquanto que no Brasil as aulas iniciam no começo do ano, normalmente no mês de fevereiro, nos Estados Unidos, assim como em outros países do hemisfério norte, as aulas começam somente em setembro. Assim, os alunos têm as férias de verão entre os meses de maio e agosto para descansar e preparar-se para o próximo ano.

Qual a duração do intercâmbio?

A duração do intercâmbio para os Estados Unidos depende do seu objetivo com o programa. Via de regra, você opta por um ou dois semestres no país. Mais longo do que um curso de idiomas, o programa oferece uma vivência aprofundada para os alunos, já que eles ficam imersos na cultura e aprendizagem do local.

Então, não é possível realizar mais do que um ano de intercâmbio? Sim, é possível mas em escolas particulares.

Como é o diploma?

Você já parou para pensar sobre a validação do seu diploma no exterior? Estudantes que realizam um período de intercâmbio fora do país podem, em alguns casos, aproveitar os seus estudos e conquistar um duplo diploma. Nesses casos, é fundamental conversar com a escola brasileira e conferir os requisitos de validação de disciplinas.

Além disso, se você optar por realizar todo o ensino médio nos Estados Unidos, precisará analisar os requisitos exigidos pelo MEC (Ministério da Educação) para a conquista do seu diploma brasileiro. Via de regra, é necessário ter concluído as cinco matérias básicas para conquistar o duplo diploma:

  • Ciências Exatas;
  • Ciências Físicas e Biológicas;
  • Ciências Sociais;
  • Idioma;
  • Educação Física.

Consequentemente, você pode cursar a sua graduação tanto nos Estados Unidos quanto no Brasil, aumentando suas oportunidades profissionais a curto, médio e longo prazo.

Como escolher a escola certa?

Agora que você já conhece tudo sobre o funcionamento de um intercâmbio High School nos EUA, surge a grande questão: “como escolher o melhor programa para investir o meu tempo de estudo e aprendizagem?”. Um dos métodos mais seguros e eficientes é por meio de uma operadora de intercâmbio, responsável por montar a ponte entre você, a escola estrangeira e a família voluntária para hospedagem.

Assim, conversando com a organização, é possível montar o seu perfil de estudante e avaliar quais são os seus objetivos com o período de aprendizagem nos Estados Unidos. Com essas informações, a operadora encontra a escola que mais se encaixa com seus objetivos, facilitando a sua escolha.

Consequentemente, o estudo em outro país torna-se mais agradável, não é mesmo? Afinal, você está em um ambiente que corrobora com os seus objetivos pessoais e profissionais. Vale lembrar que essas informações também são utilizadas para selecionar a sua família hospedeira, fazendo com que seja uma experiência inesquecível.

Uma vez escolhida, você precisa reunir todos os documentos, como passaporte e visto de estudante, para iniciar o seu intercâmbio. Depois que estiver tudo pronto, é só aproveitar a oportunidade e estar aberto para vivenciar a diversidade e a experiência única de morar e estudar em outro país.

Você conhece a BIL Intercâmbios?

Você lembra que comentamos sobre a importância de contar com o apoio de uma operadora de intercâmbios para ter a melhor experiência possível? A BIL Intercâmbios nada mais é do que uma organização que auxilia jovens e adultos a realizarem períodos de estudo, trabalho e turismo fora do país.

Presente no mercado desde 1985, contamos com o apoio de equipes qualificadas que auxiliam os clientes a encontrarem as melhores oportunidades no estrangeiro. Além do High School nos EUA e em outros países, também oferecemos programas de férias teen, AuPair, Work e Study, e cursos no exterior para quem quer aperfeiçoamento em outra língua.

Você percebe como um High School nos EUA garante oportunidades incríveis? Para além do crescimento profissional, você entra em contato com outras culturas, vivencia a diversidade e consegue ver a vida com outros olhos. De quebra, o seu inglês é aperfeiçoado e sua rede de contatos e de amizade é expandida para outras nacionalidades!

E então, acha que o intercâmbio High School é a escolha certa para você? Aproveite para entrar em contato conosco e conferir como funciona o nosso programa!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado

Comece a escrever e aperte enter para buscar