Fazer cursos no exterior: 8 vantagens para sua carreira

Tempo de Leitura: 7 minutos

Quem quer conquistar as melhores oportunidades em um mercado de trabalho cada vez mais exigente não pode dar bobeira: é preciso ter um currículo diferenciado para conseguir um emprego satisfatório em todos os sentidos. Uma ótima estratégia para se destacar nesse sentido é realizar cursos no exterior, e é por esse motivo que estamos aqui hoje.

Apesar de muitas pessoas entenderem que estudar fora é algo valioso para a carreira, grande parte delas não sabe quais são as reais vantagens que vivenciar essa experiência proporciona. Se esse é o seu caso, não se preocupe, pois temos as respostas que você procura!

Neste conteúdo especial, vamos apresentar as principais vantagens de fazer cursos no exterior, as melhores opções de cursos, como encontrá-los e muito mais informações relevantes sobre o assunto. Tem interesse? Então continue acompanhando!

Quais as vantagens de fazer curso no exterior?

Morar fora do país com o objetivo de estudar é um passo importante para construir um futuro de sucesso. Quer saber por quê? Então confira, a seguir, oito pontos que comprovam o quanto vale a pena fazer cursos no exterior!

1. Turbinar o currículo

O primeiro grande benefício para quem resolve fazer cursos no exterior é poder melhorar o currículo. Independentemente de qual seja o curso escolhido, o fato de ter vivido uma experiência fora do país pode ser o diferencial para se conseguir uma vaga desejada no mercado.

2. Aprimorar um idioma

Mais um item muito exigido pelo mercado de trabalho é o domínio de uma segunda, ou até mesmo de uma terceira língua. Com o mundo globalizado, é comum as empresas terem cada vez mais negócios com outros países. Além disso, conteúdos para estudos em outras línguas costumam ser mais avançados do que os produzidos no Brasil, já que há um maior investimento na ciência lá fora.

3. Desenvolver novos interesses

Viver uma nova cultura e fazer cursos e estágios no exterior podem despertar o interesse para diversas áreas nas quais você nunca imaginou que gostaria de atuar. Isso é muito positivo porque, quanto maior o número de áreas de interesse no mercado de trabalho, mais possibilidades se tem de conseguir uma boa colocação.

Além disso, você tem grandes chances de se especializar e se destacar em alguma área que já é bem estabelecida no exterior, mas que no Brasil ainda esteja em crescimento e necessite de profissionais qualificados.

4. Ter contato com outra cultura

O contato com outra cultura, muitas vezes, não está explicitamente posto em um currículo. Mas fazer um intercâmbio no Canadá, nos Estados Unidos, na França, na Austrália ou em qualquer outro país oferece oportunidades únicas de se relacionar com pessoas diferentes, com costumes e estilos de vida distantes daquilo que você conhece.

Esse contato com outra cultura torna o intercambista uma pessoa mais aberta a aceitar o novo, a conviver com diferenças e a entender que, embora nem todos sejam iguais, cada um deve ser valorizado do jeito que é.

Essa perspectiva de enxergar o outro assim pode ser percebida em uma conversa ou em uma entrevista de emprego, o que aumenta as chances de se conquistar vagas mais disputadas no mercado de trabalho.

5. Passar por um processo de amadurecimento

Fazer cursos no exterior tira você da zona de conforto e traz um resultado quase que imediato: o amadurecimento. Não importa em que idade aconteça a experiência do intercâmbio, o ser humano sempre tem algo a melhorar e a amadurecer. É isso que estudar fora do país proporciona, e o amadurecimento é muito bem-visto pelo mercado.

Pessoas mais maduras são também mais capazes de resolver problemas, mais dispostas e se doam mais para o seu ofício. Além disso, elas conseguem perceber a sua importância no trabalho em grupo da empresa, característica que é muito relevante e procurada por organizações.

6. Receber educação de alta qualidade

Há uma característica em comum entre fazer um intercâmbio nos Estados Unidos ou em outros países de primeiro mundo: a certeza de receber uma educação de qualidade. É muito difícil ter escolas que não oferecem bons cursos, ainda mais se você realizar essa viagem com o suporte de uma agência de intercâmbio.

A empresa seleciona cuidadosamente as melhores escolas. A qualidade do ensino é um grande diferencial que atrai muitos intercambistas para o exterior, e que é visto com bons olhos pelo mercado de trabalho. Portanto, essa é mais uma vantagem de carreira para quem opta por fazer cursos no exterior.

7. Estabelecer bons contatos

Em um mundo que se desenvolve cada vez mais por meio de contatos, você se sobressai ao conhecer pessoas de muitos lugares e formar uma ampla rede de contatos. Se vocês estão fazendo o mesmo curso, pode ser que haja algum interesse em comum também no mercado de trabalho. Em alguns casos, é possível até rolar uma parceria entre empresas de diferentes lugares do mundo.

Se isso não acontecer, ainda assim é interessante e relevante estabelecer bons contatos. Porque, por mais que você não crie uma relação de trabalho com cada um, é sempre positivo manter amizades que tragam novas ideias e perspectivas dos lugares em que vivem.

Você pode manter um contato duradouro com cada pessoa que conhecer durante a sua viagem. No decorrer das conversas que vocês terão, é muito provável que conheça novas ideias e tecnologias que ainda não chegaram ao Brasil. Além disso, esses contatos talvez tenham uma rede de relacionamentos capaz de abrir portas para parcerias.

8. Conseguir mais oportunidades na carreira

Outro benefício de fazer cursos no exterior é o aumento das oportunidades na carreira. Isso ocorre porque todas as vantagens já citadas permitem que o intercambista tenha muitos diferenciais em seu currículo.

Falar melhor uma língua, saber se virar sozinho, ter mais empatia devido à proximidade com uma nova cultura, carregar uma bagagem robusta de aprendizado, ter contatos de diferentes partes do mundo: tudo isso conta positivamente para a carreira.

Quais são as melhores opções de cursos no exterior?

Agora que você já sabe que os cursos no exterior são aliados de peso para uma carreira de sucesso, chegou o momento de falarmos um pouco mais sobre as opções disponíveis para se estudar. De cara, vale lembrar que a escolha do tipo de curso é muito pessoal e depende dos objetivos de cada um.

Algumas pessoas necessitam dominar um idioma para alavancarem a sua carreira. Outras já dominam alguma língua, mas precisam realizar pós-graduação ou um curso universitário. Há também aquelas que já são formadas e já exercem uma profissão, mas querem se aperfeiçoar em determinada área dentro do seu setor de atuação.

Existem cursos disponíveis para cada um dos casos apontados acima. Por isso, quem deseja fazer uma viagem de intercâmbio para estudar fora deve pensar especificamente em suas necessidades.

Basicamente, podemos listar três tipos de cursos mais procurados: de idiomas, universitários, e de aperfeiçoamento. Confira abaixo mais informações sobre eles.

Cursos de idiomas

Sabemos que aprender inglês é essencial para muitos setores no mercado. Mas além da língua mais falada mundialmente, é comum que muitas empresas precisem de pessoas com domínio de alguma língua como espanhol, francês, italiano, alemão ou mandarim.

Por esse motivo, os cursos de idiomas figuram entre os dos mais procurados quando falamos em intercâmbio de estudos. Essa modalidade tem uma grande flexibilidade, sendo capaz de atender a diferentes públicos.

As escolas costumam ter aulas iniciadas todas as semanas, o que torna mais fácil ajustar um calendário de viagem para aprender ou aprimorar uma língua fora do país. Além disso, o tempo de curso é bem adaptável, ou seja, é possível estudar por períodos muito variáveis de tempo, como apenas algumas semanas, alguns meses ou até mesmo um ano.

Cursos universitários

Os cursos universitários são aqueles que envolvem a formação acadêmica. Eles podem ser cursos de graduação, pós-graduação, mestrado, doutorado ou especialização dentro de alguma área de formação superior.

A realização de alguma parte da formação no exterior costuma ser muito valorizada no mercado de trabalho, então esses cursos são bastante procurados. Para fazê-los, a pessoa já deve ter uma noção da língua em que o curso será ministrado, uma vez que as universidades exigem um certificado para aceitarem a matrícula.

Cursos de aperfeiçoamento

Os cursos de aperfeiçoamento são aqueles destinados a melhorarem algum aspecto, principalmente envolvendo a vida profissional. Se você trabalha no setor de negócios, por exemplo, pode investir em um curso de business que disponha de ferramentas mais atuais do que as que você utiliza.

O mesmo vale para todas as áreas. Profissionais que trabalham no ramo de educação física podem se aperfeiçoar em determinada área, como a de treinamento funcional ou a de pilates, que está super em alta.

Como encontrar os melhores cursos no exterior?

Você já conhece as vantagens de fazer cursos no exterior para a sua carreira e sabe quais são os principais tipos de intercâmbio escolhidos pelos estudantes. Falta descobrir agora como encontrar os melhores cursos.

A nossa primeira dica é pesquisar na internet para você ter uma ideia do que está buscando. Depois disso, o ideal é conversar com uma agência de intercâmbio de confiança, para que ela possa indicar as opções ideais, de acordo com as suas necessidades.

Independentemente se você seguir as dicas da agência ou buscar o curso por conta própria, é preciso checar se as alternativas pretendidas são as melhores. Nesse caso, indicamos que procure conversar com outras pessoas que já passaram pela mesma experiência e que escolheram as escolas que você está analisando.

Outra boa maneira de acertar na sua decisão é analisar os currículos. Cursos universitários ou de aperfeiçoamento, muitas vezes, têm as suas particularidades. Sendo assim, você pode encontrar um que se encaixe mais do que os outros às suas necessidades.

Por fim, indicamos que faça uma visita ao site e às páginas das redes sociais das escolas que mais chamaram a sua atenção. Confira as fotos postadas pela escola e pelos alunos, observe as postagens, os comentários e, se possível, converse com os estudantes. Essas dicas, sem dúvida, ajudarão você a fazer a escolha certa!

Como a BIL Intercâmbios pode ajudar?

Embora tenhamos dito que o ideal para encontrar o curso é consultar uma agência de intercâmbio, sabemos que muitos viajantes não entendem ao certo qual é o papel da agência e como ela pode ajudar.

Logo, este último tópico é destinado exatamente para que você descubra como a BIL Intercâmbios, que está no mercado desde 1985, vai tornar a sua viagem a melhor possível. A empresa, além de ter tradição e muita experiência, oferece uma alta qualidade ao viajante. Com mais de 430 parceiros selecionados, em 20 países, a BIL se preocupa em atender de forma individual cada intercambista.

Além disso, a empresa apresenta o selo Belta (Brazilian Educational & Language Travel Association). Isso quer dizer que ela é aprovada pelo órgão que regulariza as agências de viagem no Brasil.

Bom, você conseguiu ver como a BIL é uma empresa confiável. Mas, afinal, em quais aspectos a agência pode auxiliar na sua viagem? Aqui estão as respostas:

  • ajuda para encontrar o melhor destino conforme os seus gostos e desejos;
  • garantia de que a escola escolhida será de qualidade;
  • suporte antes, durante e após a viagem;
  • preço mais em conta;
  • melhores condições de pagamento;
  • menor risco de que algo saia fora do planejado;
  • auxílio na documentação.

A sua carreira pode atingir outro patamar se você decidir morar fora para viver uma nova experiência, fazer bons cursos e, assim, agregar qualidade ao seu currículo. Agora que já sabe como fazer um intercâmbio e todas as suas vantagens, está esperando o que para começar a planejar a sua viagem?

Comece a pensar nos cursos no exterior que se encaixam às suas necessidades. Depois, pesquise países, leia sobre as culturas, confira os pontos turísticos e se imagine morando e estudando em cada um dos destinos pretendidos. Com certeza, em algum momento, algum deles vai despertar um interesse maior.

E como você aprendeu neste conteúdo, ter a ajuda de uma agência para planejar a viagem e encontrar os cursos no exterior é muito mais vantajoso e traz menos dor de cabeça do que tentar resolver tudo por conta própria. Então, bora tirar a ideia do papel e colocar em prática? Entre em contato com a BIL Intercâmbios!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado

Comece a escrever e aperte enter para buscar